Publicação em destaque

tarte de arroz doce com chocolate e cacau

Saiu na ultima revista Bimby - Momentos de Partilha (47 - 2ª série, Outubro 2014), uma receita que tem feito muito sucesso: pastéis de arro...

domingo, 30 de dezembro de 2012

bolo de claras e chocolate

Sobraram claras do arroz doce e do bolo-rei e decid-me a aproveitá-las para um bolo, ao invés de as congelar. Encontrei algures uma receita de bolo de claras com chocolate que adaptei para a (Thermomix) Bimby. Lamentavelmente, não guardei a fonte...
Os bolos de claras são leves e perfeitos para aproveitar claras que vão sobrando de outras receitas. Desagrada-me imenso fazer receitas em que só se usam gemas e quando o faço acabo por congelar as claras em saquinhos de plástico. Outra alternativa fantástica é congelar cada clara numa cuvete de gelo para, assim, se saber quantas claras se têm congeladas. 


sábado, 29 de dezembro de 2012

tarte de lemon curd

Resolvi fazer lemon curd para presentear um casal amigo mas, após comprovar o quão delicioso é, repeti a receita para uma tarte.


lemon curd



Ingredientes:
160 g açúcar
2 limões
60 g manteiga
2 ovos
Preparação:
Coloque no copo o açúcar e pulverize 20 seg/ vel 9.
Junte as cascas de limão (só a parte amarela) e rale 15 seg/vel 9.
Adicione a manteiga, o sumo dos limões e programe 1 min/vel 2.
Junte os ovos e misture 10 seg/vel 4.
Seguidamente, programe 7 min/ 80º C/ vel 2.
Para ficar homogéneo, bata 10 seg/ vel 7.
Retire e reserve em frascos esterilizados, no frigorífico.
Para a massa da tarte, em vez da massa sablé, resolvi fazer algo bem mais simples:
Ingredientes:
200 gr de manteiga
250 gr de bolacha Maria
Preparação da Massa:
- Triture a bolacha programando 15 seg/ Vel 9. (Ao usar a velocidade 9, faça-o progressivamente 3-5-7-9).
- Junte a manteiga e programe 15 seg/ Vel 6.
- Forre a tarteira (de preferência com fundo falso). Para prevenir que a massa enfole, pique a massa com um garfo.
- Leve ao forno a 180º durante 20 min.
- Reserve (deixando arrefecer para deitar o creme)

  tarte lemon curd

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

arroz doce

Achei por bem fazer o post sobre o arroz doce antes que acabe. Esta já é a última tacinha do arroz doce que fiz para o Natal.


  arroz doce



Ingredientes:
1000g leite
160g arroz carolino
1 casca de limão, só a parte amarela
1 pau de canela
1 pitada de sal
160g de açúcar
4 gemas de ovo
canela q.b.

Preparação:
Colocar no copo o leite, o arroz, a casca de limão, o pau de canela e a pitada de sal e programar 15 min/ 90º C/ colher inversa/ vel colher. Retire a tampa, envolva com a espátula e programe agora 25 min/ 90º C/ colher inversa/ vel colher.
Ao terminar, retire umas colheres do arroz cozido para uma tijela e dissolva as gemas no arroz. Adicione, no copo, as gemas previamente misturadas e o açúcar. Programar 10 min/ 90º C/ colher inversa/ vel 1 1/2.
Deite num recipiente largo ou em taças pequenas. Quando esfriar, polvinhe com canela.
Como este arroz doce fica muito cremoso, sugiro uma travessa para servir.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

caldo de legumes caseiro

Quando comecei a folhear o livro de receitas essenciais da (Thermomix) Bimby, fiquei logo instigada com o caldo de legumes caseiro. Nunca gostei muito de user os caldos de legumes de compra porque aquilo me parece um pacote de colestrol, apesar de saber que tornam a comida mais saborosa. Por isso, esta foi das primeiras receitas que fiz assim com a cozinha mais pequena do mundo. O caldo de legumes não fica com bom ar mas dá um sabor inigualável aos pratos em que o utilizo.


caldo de legumes caseiro
 



Ingredientes:
200 g talos de aipo
250 g cenouras
100 g cebola
100 g tomate
150 g courgette
1 dente de alho
50 g cogumelos frescos
6 raminhos de ervas frescas variadas, (manjericão, alecrim, tomilho) só as folhas
4 pés coentros frescos
1 folha de louro (opcional)
300 g sal grosso marinho
30 g vinho branco
1 c. sopa de azeite

Preparação:
Colocar no copo os legumes em pedaços, junte as ervas, os coentros e pique 10 seg/ vel 7.
Adicione o sal, o vinho, o azeite e programe 20 min/ Varoma/ colher inversa /vel 1, colocando sobre a tampa o cesto em vez do copo de medida para evitar salpicos.
Retire o cesto e coloque o copo de medida e programe 1 min e vá progressivamente até à vel 7.
Coloque um frasco bem lavado e esterilizado e deixe arrefecer.
Uma colher de chá de caldo de legumes é o equivalente a um cubo de caldo de legumes de compra. Usa-se uma colher de chá para 500g de água para obter 500g de caldo. Dada a quantidade de sal que a receita leva, nunca uso sal quando uso o caldo de legumes mas tudo depende do gosto individual.

pasta de caril

Esta não é exactamente a pasta de caril à séria mas fica deliciosa para fazer um caril de frango com banana, por exemplo. Fica extremamente picante e, por isso, para quem não gostar convém diminuir a quantidade de malagueta. A receita verdadeira está no livro Índia - Receitas Bimby. Usei limão em vez de lima e somente coentros frescos (porque não tinha coentros em pó). Portanto, a pasta ficou com um forte sabor a coentros mas muito saborosa. Ao comprar as malaguetas, comprei 2 verdes e 2 vermelhas - o que tornou a pasta extremamente picante. Assim, acabei por usar 2 colheres de sopa de pasta de caril para 400g de leite de côco para fazer o caril. Na receita original são sugeridas 4 colheres de sopa de pasta de caril para 400g a 800g de leite de côco para um caril forte a médio. Tudo depende do palato de cada um e se se gosta de mais ou menos picante.


pasta de caril
 


Ingredientes:
4 c. chá coentros em pó
20g coentros frescos
100g malagueta vermelhas
45g gengibre fresco sem pele em pedaços
5g paprika
1 c. chá açafrão
10 dentes de alho
sumo de 4 limas
100g óleo
(5g cominhos em pó)

Preparação:
Colocar no copo os coentros, as malaguetas cortada, os pedaços de gengibre, a paprika, o açafrão (e os cominhos), os alhos e programar 10 seg/ vel 5.
Adicionar o sumo das limas e o óleo e programar 1 min/ vel 9 para obter uma pasta homogénea.
Tive alguma dificuldade em encontrar paprika e malagueta à venda mas acabei por encontrar no Jumbo. O açafrão que usei é da marca Dia (do Minipreço) e não tem aquela cor amarelo quase florescente que é tão comum ver-se mas que nada tem a ver com o verdadeiro açafrão. Daí a (minha) pasta não ter ficado amarela como está no livro de receitas essenciais.
Para finalizar, acrescentei ainda uma colher de chá de cominhos também da marca Dia.


Siga-me aqui:

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

pataniscas de bacalhau cozido [aproveitamento]

Se há coisa que adoro, é pataniscas. Nunca tinha feito em casa porque é uma trabalheira. Com a (Thermomix) Bimby, essa tarefa ficou facilitada. E, além disso, aproveitei os restos de bacalhau cozido do Natal e alterei a receita que vem no livro base usando coentros em vez de salsa.


 

Ingredientes:
400g bacalhau cozido
10 pés de coentros
1 cebola
4 ovos
350g farinha
300g água
Preparação:
Desfiar o bacalhau (já sem peles nem espinhas) 2 seg/ colher inversa/ vel 1. Retire e reserve.
Picar os coentros e a cebola 5 seg/ vel 5. Reserve (juntamente com o bacalhau).
Colocar no copo os ovos, a farinha, a água e programe 2 min/ vel 5.
Adicionar o bacalhau e a cebola reservada e envolver 15 seg/ vel 3.
Para fritar as pataniscas, basta colocar colheradas da massa dentro de óleo abundante e (bem) quente.

Siga-me aqui: follow us in feedly

Yum

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

bolo-rei de chocolate

Na revista Bimby - Momentos de Partilha 25 (Dez'2012) encontrei uma receita de mini bolos-rei de chocolate. Resolvi fazer um único bolo-rei de chocolate com pequenas modificações.





Ingredientes:
450g farinha T65
70g de açúcar
2 tiras de casca de laranja
130g de leite
70g de manteiga
3 gemas de ovo
25g fermento de padeiro fresco
30g de sumo de laranja
20g de vinho do Porto
1/2 colher de chá de sal
100g de pepitas de chocolate
(+1 gema para pincelar)



Preparação:
Coloque no copo o açúcar e casca de laranja e pulverize 15 seg/ vel 9.
Junte o leite e a manteiga 1 min/ 37º C/ vel 4.
Adicione as gemas, o fermento, o sumo de laranja e o vinho do Porto e programe 5 seg/ vel 3.
Programe 1 min / vel 3 e vá adicionando a farinha aos poucos pelo bocal da tampa.
Adicione o sal e amasse 3 min / vel espiga.
Verifique se forma uma bola que não fica agarrada ás paredes do copo, caso contrário acrescente um pouco de farinha e volte a amassar mais uns segundos.
Deixar a massa levedar até levantar o copo medida.
Baixe a massa com as mãos e amasse 1 min/ vel espiga e vá adicionando as pepitas pelo bocal da tampa.
Retire a massa, dê a forma de rosca ao bolo, coloque num tabuleiro forrado com papel vegetal e pincele com ovo.
Deixe a massa levedar até dobrar o volume e leve ao forno pré-aquecido a 180º C durante 25 minutos.




Siga-me aqui:

domingo, 23 de dezembro de 2012

compota de abóbora com nozes II

Para prendas de Natal, resolvi repetir o que fiz no Natal passado já que toda a gente se fartou de elogiar a minha compota. Esta versão da compota é a derradeira porque ficou melhor ainda do que a do ano passado. Desta vez, fiz metade na (Thermomix) Bimby e metade na panela adicionando pectina. A pectina é um gelificante natural que auxilia a dar consistência à compota e, dado ser um açúcar, reduz para metade a quantidade de açúcar.


compota Natal
 


Ingredientes:
1000g de abóbora
500g de açúcar amarelo
1 sumo de 1 laranja
1 pau de canela
150 g nozes
25g de pectina (gelificante natural)
Preparação:
Colocar no copo 500 g de abóbora e triture 15 seg/ vel 6. Repita o processo para as restantes 500 g.
Adicionar o açúcar, o sumo da laranja, o pau de canela e programe 5 min/ 100°C/ vel 1, substitua o copo de medida pelo cesto para evitar salpicos.
Colocar o preparado todo numa panela, adicionar a pectina mexendo e deixar ferver em lume brando. Deixar ferver durante 3 minutos, mexendo sempre.
Adicionar as nozes, envolvendo-as na compota, e deixar arrefecer (mas não totalmente). Ao fazer na panela tem que ser ter cuidado com o borbulhar da compota.
Colocar a compota em frascos, fechá-los e deixar arrefecer totalmente (fechados e) virados para baixo. Pode ainda colocar uma folha de pelicula aderente antes de fechar.

→ Rendeu para 5 frasquinhos.






Siga-me aqui:

sábado, 22 de dezembro de 2012

arroz de cenoura

Adoro arroz mas sempre foi daquelas coisas que nunca me saía bem. Ficava sempre mal cozido ou cozido de mais. Isto até chegar a (Thermomix) Bimby cá a casa.


arroz de cenoura
 



Ingredientes:
1 cebola
1 dente de alho
1 cenoura grande
40g azeite
350g arroz
800g água
1 caldo de legumes (usei o meu caldo de legumes caseiro)
Preparação:
Colocar no copo a cebola, o alho, a cenoura e o azeite e picar 5 seg/vel 5.
Refogar 5 min/ Varoma/ Vel 1. Retire o refogado para o cesto e reserve.
No copo, colocar a água e o caldo de legumes. Introduzir o cesto e depositar o arroz por cima do refogado. Programe xx min/ 100º C/ Vel 3.
Durante a cozedura, mexa o arroz com a espátula para o soltar e misturar com o refogado.
Terminado o tempo, coloque o arroz numa travessa e sirva.


Os tempos de cozedura do arroz dependem do tipo de arroz utilizado:
- arroz agulha: 20 min
- arroz vaporizado: 25 min
- arroz carolino: 17 min
- arroz basmati: 17 min
- arroz integral: 45 min (em 1000g de água em vez de 800g).

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

carne de aves espiritual

Com amigos para jantar, decidimos fazer a receita de carne espiritual do livro Velocidade Colher – Entre Tachos e Bimby mas com pequenas variações. Volto a recomendar vivamente este livro, dado que tem em todas as receitas o modo de preparação na (Thermomix) Bimby e o método tradicional.


  carne espiritual


Ingredientes:
500g batatas descascada e cortada em pedaços
200g cenouras descascadas e cortada em pedaços
200g leite
1 cebola cortada em quartos
2 dentes de alho
25g azeite
400g de carne picada de aves
1 pão pequeno (pequeno, tipo carcaça)
maionese (light)
queijo ralado ou ripado (usei mistura de 3 queijos)

Preparação:
Colocar a batata, a cenoura e 200g de leite no copo e programar 30 min/ 90ºC/vel 1.
Temperar a gosto com sal, pimenta e noz-moscada e triture 20 seg/vel 4. Reserve.
Colocar o pão em leite e aquecer o forno.
Passe o copo por água e coloque a cebola cortada, os alhos e o azeite e pique 5 seg/ vel 5. Seguidamente, refogue 5 min/ varoma/vel 1.
Junte a carne picada e cozinhe 6 min/ 100ºC/ colher inversa/vel 1.
Juntar o pão e programar 1 min/ 100º C/ colher inversa/vel 2.
Adicionar a carne (com o pão) ao puré reservado numa tijela e envolver.
Distribuir todo o preparado num pyrex, colocar uma camada fina de maionese, cobrir com queijo e leve ao forno a gratinar.





Siga-me aqui:

Velocidade Colher - Entre Tachos e Bimby de Susana Gomes

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

pão de mistura

Desde que tenho a (Thermomix) Bimby que deixei de comprar pão. Por isso, cá em casa faz-se pão, pelo menos, uma vez por semana. A primeira experiência foi com farinha para pão de sementes Branca de Neve e ficou delicioso. Já experimentei o pão saúde e também recomendo.  Desta vez usei a mistura para pão de mistura do LIDL e segui a receita do livro base com uma pequena alteração na temperatura (em vez de 37ºC, coloquei 50ºC). A quantidade de água é aquela que vem indicada nas instruções da farinha: 350ml passaram a 350g.



 pao quente



Ingredientes:
preparado de farinha para pão
água
Preparação:
No copo, colocar (500g de) farinha, 350g de água e programar 1,30 min/ 50º C/ Vel 2. Em seguida, 2 min / vel espiga.
Deixar a massa a levedar (pelo menos, 1h) num tabuleiro com papel vegetal (e farinha) até que dobre de volume.
Ligar o forno e cozer o pão.


Sinceramente, não sei quanto tempo o pão leva a cozer. Deixo simplesmente a cozer até me cheirar a pão quente mas vou vigiando sempre.


  pao mistura

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

flognarde de ananás e côco

Usando a receita do livro Velocidade Colher – Entre Tachos e Bimby do blog No Soup For You (onde se encontram outras tantas receitas deliciosas), fiz uma sobremesa com um ar encantador. Uma das coisas fantásticas deste livro é ter, para cada receita, o modo de preparação na (Thermomix) Bimby e também o método tradicional.





O flognarde (flaugnarde, flagnarde ou flougnarde) é semelhante ao clafoutis e pode ser feito com maçãs, pêssegos, pêras, ameixas, sultanas, morangos, banana e morango ou quaisquer outras frutas. É uma sobremesa cozida francesa feita com frutas e assemelha-se a uma grande panqueca. O flognarde pode ser servido quente ou frio. 
O clafoutis é tradicionalmente feito com cerejas pretas em que as cerejas são dispostas num prato com manteiga e cobertas com uma massa de flan. Para finalizar é polvilhado com açúcar e servido morno.



Ingredientes:
300g de ananás
80g de açúcar amarelo
80g de farinha
15g de manteiga
1 iogurte natural
100g de leite de coco
3 ovos
manteiga para untar (ou papel vegetal)
Preparação Thermomix®:
Aqueça o forno.
Unte uma tarteira sem fundo amovível. (Usei papel vegetal.)
Corte o ananás em pedaços e distribua pela tarteira.
No copo, coloque o açúcar e a farinha e programe 5 seg / vel 5.
Adicione a manteiga, o iogurte, o leite (de coco) e os ovos e bata 15 seg / vel 5.
Distribua a massa sobre o ananás e leve ao forno.




Já agora deixo aqui os ingredientes da receita tradicional. 

Ingredientes:
400g de fruta
3 ovos
80g açúcar
60g farinha
15g manteiga
1 iogurte natural (ou da fruta que escolher)
Leite q.b



 E para aproveitar devidamente o ananás, deixo aqui uma sugestão:
  481493_391496917595343_1264856836_n

Siga-me aqui:

Velocidade Colher - Entre Tachos e Bimby de Susana Gomes

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

queques (de aproveitamento) de bolo-rainha

Cá por casa, ainda havia restos de bolo-rainha congelados mas aquilo que havia mal chegava a metade do indicado na receita de aproveitamento de bolo-rei (do livro Boas Festas com a Bimby). Portanto, resolvi reduzir e adaptar a receita. Como nem tinha 150g de restos de bolo-rainha, adicionei nozes. Acho que esta receita também se adequará a restos de bolachas ou biscoitos.





Ingredientes:
150g de sobras de bolo-rei/rainha cortado em pedaços/fatias
50g de manteiga
100g de açúcar
2 ovos
100g de leite
150g farinha de trigo tipo 55
1 c. café de fermento em pó ou 1/2 c. chá de fermento em pó

Preparação:
Aqueça o forno.
Coloque no copo as sobras de bolo-rei e triture 5 seg/vel 9. Reserve.
Introduza no copo (vazio) a manteiga, o açúcar, os ovos e o leite e programe 1 min/vel 6.
Junte a farinha, o fermento e as sobras de bolo e misture 20 seg/vel 3.
Distribua a massa por formas de queques (previamente untadas com manteiga e polvilhadas com farinha) e eleve ao forno a 150ºC durante 20 minutos.
→ A receita original rende para 18 formas de queques. Dado que esta receita é metade, usei 9 formas para queques.


queques
 


tempo de preparação: 30min
dificuldade: *
vegetariano: sim
para crianças: sim
ingrediente principal: bolo


Siga-me aqui:

Boas Festas com a Bimby - www.wook.pt

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...