sábado, 5 de Janeiro de 2013

iogurtes caseiros

Iogurtes caseiros são muito mais saborosos que os de compra, além de muito mais baratos, e podem ser aromatizados com o sabor que entender.


~ iogurtes caseiros ~


Ingredientes:
1 L leite gordo (ou meio gordo) à temperatura ambiente ou morno
1 iogurte natural
3 c. sopa leite em pó
(6 colheres rasas de açúcar)
Preparação:
Misturar todos os ingredientes e colocar nos copos da iogurteira (sem tampas) durante 8h.
O açúcar é opcional e serve para fazer os iogurtes com sabor natural açucarado.
Uso sempre leite gordo Vigor (leite fresco) e leite em pó magro.


→ Outras receitas de iogurte podem encontradas aqui.


iogurte (do turco yoğurt, pronúncia [jɔˈurt], do adjetivo yoğun, "denso" ou "tornar denso") é uma forma de leite em que o açúcar (a lactose) foi transformado em ácido láctico, por fermentação bacteriana1 . É um líquido espesso, branco e levemente ácido, muito nutritivo e, por essa razão, muitas vezes é servido e mesmo vendido misturado com frutaschocolate ou outro tipo de adoçante.O iogurte é um alimento que tem origem nos Balcãs e, tal como outros produtos derivados do leite fermentado, como o leben árabe, o koumisrusso, o jugurt turco ou o kefir caucasiano, remontam há milhares de anos.No entanto, a sua comercialização teve início a partir da constatação feita pelo médico Ilya Ilyich Mechnikov, premiado com o Nobel da Fisiologia ou Medicina em 1908.O iogurte além de poder aumentar a longevidade, possui outras benéficas propriedades nutricionais, graças aos fermentos lácteos, como oLactobacillus bulgaricus e o Streptococcus termophilus, aos quais se juntam o leite, depois de homogeneizado e pasteurizado. Devido ao facto de ser obtido mediante fermentação láctea, o iogurte é muito fácil de digerir, o que o torna o produto ideal para pessoas com problemas gastrointestinais. Contudo, não se esgotam aqui os benefícios deste alimento. Por exemplo o seu consumo regula o sistema imunológico, sem esquecer que se trata de uma excelente fonte de cálcio e, como tal, a sua ingestão é uma fonte de ajuda no crescimento das crianças. Os lactobacilos (bactérias presentes no leite) executam a função láctica, em que o produto final é o ácido láctico. Para isso eles utilizam, como ponto de partida, a lactose, o açúcar do leite. O sabor azedo do leite fermentado deve-se ao ácido láctico formado e eliminado pelos lactobacilos. O abaixamento do pH (aumento de acidez) causado pelo ácido láctico provoca a coagulação das proteínas do leite e a formação do coalho, usado na fabricação de queijos e iogurtes.

Quanto ao processo de fabricação
  • Iogurte tradicional - onde a fermentação ocorre dentro das embalagens;
  • Iogurte batido - a fermentação ocorre em dornas e posteriormente o iogurte é embalado;
Quanto aos ingredientes
  • Iogurte natural - feito apenas de leite e microorganismos fermentadores.
  • Iogurte com frutas - com polpas e pedaços de frutas.
  • Iogurte com aromas - presença de aromatizantes.
Quanto ao teor de gordura
  • Iogurte Integral - não há nenhuma alteração na quantidade de gordura original do leite
  • Iogurte Semi-desnatado - mais raro, há uma retirada significativa na quantidade de nata
  • Iogurte Desnatado - não há nata

Siga-me aqui:

11 comentários:

  1. Ana, recomendas alguma marca em especial para o leite em pó? Amanhã é dia de ir às compras e é desta que mergulho de cabeça nos iogurtes!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu uso Molico magro. Era o mais barato que havia no supermercado na altura em que comprei a primeira vez, além de ser uma marca da qual conhecia o nome. Além disso, estava a comprar leite fresco gordo para os iogurtes.

      Eliminar
  2. Olá Telita! Sou a Telma e gosto muito do teu blogue!
    Tenho uma iogurteira igualzinha a essa que me foi oferecida há poucos dias.
    Sabes de alguma receita que permita fazer um bom 'iogurte' de soja, com consistência agradável,na iogurteira?
    É sempre aconselhável usar leite gordo ou meio gordo?
    Grata!*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Telma.

      Nunca fiz iogurtes de soja. Encontrei estas receitas na net: http://receitasnarede.com/receita/iogurte-de-soja-caseiro-sem-lactose-sem-proteinas-do-leite

      É sempre aconselhável usar leite, pelo menos, meio-gordo, por causa da consistência.

      As minhas receitas de iogurte: http://telitanacozinha.blogspot.pt/search/label/iogurtes

      Eliminar
  3. Para os meus iogurtes naturais utilizei os bio-cremosos açocarado da marca continente, leite gordo também da marca continente. Depois fui ver ospreços do leite em pó e fiquei escandalizada com ospreços lol, não fazia ideia. Espreitei então os leites de bebé e encontrei o da Nestlé de 1-3 anos 750gr que estava com 30% de promoção. Á receita da Bimby adicionei 50gr de açucar :-P gosto das coisas docinhas...ops! Ficaram um espetáculo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O preço do leite em pó é quase proibitivo. Comprei Molico magro, que era dos mais baratos que encontrei.

      Eliminar
  4. Ana,

    Sao estes yougurts que podemos por o doce no fundo? E o doce passa pelo processo da iogurteira também nao é?

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São exactamente estes, Deia!
      Nunca fujo muito desta receita base. ;)

      Eliminar
  5. Achas que não fica bom com iogurte magro? É o único que bebo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apesar de nunca ter experimentado, há quem o faça e garanta que ficam deliciosos.

      Eliminar
    2. Daqui a 9h já sei. Ehehehehe!

      Eliminar


Todos os comentários são importantes e sempre bastante apreciados.
Obrigada pela sua visita. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...